Mais de 19 mil pessoas deixaram Manaus no feriadão utilizado o transporte intermunicipal, segundo Arsepam

Ao todo, foram realizadas 809 fiscalizações no transporte intermunicipal durante o feriado prolongado

Transporte rodoviário intermunicipal registrou a saída de 9.211 pessoas. – Fotos: Marcos Guimarães/Arsepam

Deflagrada na última sexta-feira (12/11), pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), a Operação Viagem Segura – Proclamação da República registrou a saída de 19.929 pessoas de Manaus através do transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal de passageiros. Ao todo, foram realizadas 809 fiscalizações na capital durante o feriado prolongado.

As abordagens de orientação foram intensificadas, principalmente, em relação à Lei Estadual n° 5.653, de 21 de outubro de 2021, sobre a obrigatoriedade de dispensadores de álcool em gel 70% dentro dos ônibus do transporte rodoviário.

Durante a operação, apenas uma empresa que opera na linha Iranduba-Manaus foi notificada. Assim, em menos de 24 horas, foram afixados dispensadores em todos os veículos da frota.

Fiscais da Arsepam durante a Operação Viagem Segura. – Foto: Marcos Guimarães/Arsepam

De acordo com o diretor-presidente da Arsepam, João Rufino Júnior, foram emitidos 11 autos de constatação para nove empresas no período da operação. A principal irregularidade constatada foi a ausência de cadastro junto à Arsepam.

Ainda de acordo com ele, as empresas passarão por avaliação do corpo técnico e jurídico do órgão. Os procedimentos podem acarretar no pagamento de uma multa no valor de até R$ 4.636,42 (no caso de reincidência, o preço pode dobrar), assim como a cassação da licença para operar no modal.

“Estamos nos preparando para realizar as operações das festas de fim de ano, Natal e Réveillon. Certamente haverá o aumento do fluxo de pessoas que utilizam os serviços de transporte rodoviário e hidroviário rumo aos municípios do interior do Amazonas”, acrescentou o gestor.

TRANSPORTE RODOVIÁRIO

Por meio do transporte rodoviário intermunicipal, 9.211 pessoas deixaram a capital amazonense em direção a outros municípios do Amazonas.

O maior fluxo de saída registrado foi no posto do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, com 3.316 pessoas, o que representa 36% do total de passageiros que optaram por essa modalidade.

O transporte rodoviário intermunicipal contabilizou 531 fiscalizações, sendo 253 na Ponte Rio Negro; 124 na Barreira de Fiscalização Estadual; 111 na Rodoviária de Manaus; e 43 na Barreira das Flores.

Os destinos mais procurados pela população que utilizou essa categoria foram Manacapuru (1°), Iranduba (2°) e Presidente Figueiredo (3°), municípios distantes, respectivamente, 68, 27 e 117 quilômetros de Manaus.

HIDROVIÁRIO

Ao todo, 10.718 pessoas deixaram Manaus utilizando embarcações, como lancha rápida, barco a motor, navio a motor, expressos ou jato e ferryboats. O modal é o principal meio de locomoção de passageiros no estado.

De competência da Arsepam, o posto com maior saída foi o Porto da Ceasa, com 6.968 usuários, contando com 65% do total de passageiros que optaram por deixar a capital por meio do Rio Negro. No local foram efetuadas 204 fiscalizações.

Os municípios mais procurados no período foram Careiro da Várzea, Tefé e Coari, respectivamente a 25, 523 e 363 quilômetros de Manaus.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *