Fluxo de passageiros deve ser 148% maior no transporte intermunicipal em dezembro

Arsepam estima que 142 mil pessoas deixem a capital em dezembro utilizando os transportes rodoviário e hidroviário

Fluxo de passageiros na rodoviária de Manaus. – Foto: Marcos Guimarães/Arsepam

Para muitas famílias, fim de ano é sinônimo de viajar. Férias das crianças, do trabalho, licença nas datas comemorativas… Tudo é pretexto para deixar a cidade, seja de carro, ônibus, barco ou avião. De acordo com um levantamento da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), cerca de 142 mil pessoas devem utilizar, neste mês de dezembro, o serviço de transporte intermunicipal de passageiros. O número representa um aumento de 148,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

O número foi contabilizado pelos Departamentos de Transporte Rodoviário (DETR) e Hidroviário (DETH) da Arsepam, levando em consideração os seis postos fixos de fiscalização do órgão em Manaus. Do total de passageiros, 90 mil devem deixar a capital por meio de embarcações e 52 mil pelos táxis, micro-ônibus e ônibus que fazem o transporte intermunicipal.

FLUXO DE PASSAGEIROS

De acordo com o diretor-presidente da autarquia estadual, João Rufino Júnior, o fluxo de passageiros é maior em relação ao mesmo período do ano passado, época com maiores medidas de restrição em decorrência da pandemia da Covid-19.

Fiscais da Arsepam durante ação no transporte hidroviário. – Foto: Marcos Guimarães/Arsepam

Ainda segundo o gestor, neste mês devem ocorrer 6.700 fiscalizações nos modais rodoviário e hidroviário devido às festas de final de ano. Para as semanas do Natal e Réveillon, a Arsepam irá reforçar as equipes de fiscais para garantir maior segurança à população que utilizará o serviço de transporte intermunicipal.

“Em dezembro do ano passado, nós estávamos em um momento mais complicado, mais restritivo em razão da pandemia, com mais medidas de restrição e de circulação de pessoas. Por isso, o número de 2020 foi bem menor, cerca de 57 mil deixaram a capital utilizando os modais rodoviário e hidroviário. Agora deve haver um movimento significativo, portanto estamos nos preparando para realizar duas operações”, adiantou o gestor.

Fiscalização da Arsepam acontece nos transportes rodoviário e hidroviário intermunicipal. – Foto: Marcos Guimarães/Arsepam

FISCALIZAÇÃO

Os postos da Arsepam no modal rodoviário são: Terminal Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte.

No transporte hidroviário, as abordagens do órgão ocorrem no Porto Público Privatizado de Manaus (Flutuante Roadway e das Torres), nas balsas da Manaus Moderna, ambos no Centro; e no Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul.

LEIA TAMBÉM: Consumo de Gás Natural Veicular volta a subir pelo sétimo mês consecutivo

Related Posts

This Post Has One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *