Papamóvel: quando surgiu e quantos modelos já fora utilizados?

O mais novo papamóvel escolhido pelo Vaticano para conduzir o Papa Francisco é uma Nissan Leaf Elétrico. Mas desde quando os pontífices utilizam esse veículo blindado e quais modelos já transportaram o líder da Igreja Católica? Vamos juntos saber.

Embora a figura do Papa esteja presente na história da humanidade há séculos, foi só na virada da década de 1980 que o primeiro Papamóvel entrou, oficialmente, em serviço para carregar a autoridade máxima da Igreja Católica de forma regular na locomoção dentro do Vaticano. Antes disto, o Papa era transportado em um veículo chamado Sedia Gestatoria, que era nada mais que uma liteira – ou seja, um trono com hastes que era transportado pessoas. Doze homens, os chamados “sediários” ou “palafreneiros”, tinham a função de conduzir o veículo.

O veículo surgiu após o ataque a tiros contra João Paulo II

Mas o que é um papamóvel?

Papamóvel é um nome informal atribuído ao veículo especialmente fabricado para a locomoção do papa durante suas aparições públicas. Até antes da década de 1980, o veículo blindado chegou a ser utilizado em uma viagem aos Estados Unidos, na década de 1960. Mas foi a partir da década de 1980, que esse tipo de transporte se tornou oficial ao Papa, não só no Vaticano como no resto do mundo.

Quantos modelos de papamóvel já existiram?

Do mais recente Nissa Leaf ao icônico Lincoln Continental Lehmann-Peterson utilizado na visita à Nova York (EUA) em 1965 pelo Papa Paulo VI, dezenas de veículos já foram transformados em papamóvel.

Lincoln Continental Lehmann-Peterson utilizado na visita à Nova York (EUA) em 1965 pelo Papa Paulo VI

FSC Star 660

O FSC Star 660 foi utilizado pelo Papa João Paulo II em uma viagem à sua terra natal, a Polônia. O que torna esse papamóvel especial é o fato de ser um caminhão de bombeiro de seis rodas que passou por uma série de alterações, incluindo alguns pitacos do próprio pontífice.

O FSC Star 660 foi utilizado pelo Papa João Paulo II em uma viagem à sua terra natal, a Polônia

Toyota Land Cruiser

Um dos modelos mais inusitados foi o Toyota Land Cruiser que carregou o Papa João Paulo II em 1988.

Range Rover

Em 1981, quando estava passando pela Praça de São Pedro, no Vaticano, um terrorista turco atirou contra o Papa João Paulo II. Atingido duas vezes, o pontífice quase perdeu a vida. Foi assim que apareceu o primeiro papamóvel blindado, feito pela Land Rover e entregue durante a visita à Inglaterra – e que começou a tradição de criar veículos ainda mais seguros para proteger sua santidade.

Leyland Motors Popemobile

O Leyland Popemobile de 1982 é o maior deles. A fabricante de caminhões trabalhou duro, criando um veículo de mais de 24 toneladas e com o conhecido cubículo de vidro de onde o Papa pode observar os fiéis.

A lista continua: ainda tiveram o Renault Kangoo ZE, o SEAT Panda Marbella Papamóvil, o Mercedes-Benz 230 G, o Jeep Wrangler, a Nissan Frontier e o Mercedes-Benz Classe M.

Clássico Meredez Classe C

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *