Carros elétricos que tiveram as maiores quedas de preço no Brasil em 2023

Enquanto as vendas de carros elétricos continuam acelerando no Brasil (setembro foi o melhor resultado histórico com 1.822 unidades), o segmento trava uma guerra de preços, principalmente entre os modelos de marcas generalistas. Um movimento que começou com o lançamento do BYD Dolphin e foi acentuando com a apresentação do Volvo EX30.

Desde o lançamento do BYD Dolphin por R$ 149.800 no final de junho e a apresentação do Volvo EX30 com preço inicial de R$ 219.950 no mês passado, o que surpreendeu o mercado, vários modelos de carros elétricos têm sofrido reduções constantes de preço, mudando o padrão de valores e ajudando a promover a mobilidade elétrica no país. 

Ainda que haja questões pendentes, como a definição do imposto de importação e em que grau será aplicado, a concorrência entre os carros elétricos importados, sobretudo os produzidos na China, ajudou a mostrar as novas tecnologias de eletrificação para o público brasileiro e está formando um novo segmento de veículos de energia limpa. 

E para mostrar como a concorrência entre os carros elétricos está ficando acirrada, listamos os modelos relevantes em termos de mercado que tiveram as maiores reduções de preços num curto período de tempo:

 ModeloPreço no 1º semestrePreço atual
1Hyundai KonaR$ 289.990R$ 189.990
2Mini CooperR$ 259.990R$ 199.990
3Peugeot e-2008R$ 259.990R$ 199.990
4BYD Yuan PlusR$ 269.990R$ 229.990
5Caoa Chery iCarR$ 149.900R$ 119.990
6JAC e-JS1R$ 145.900R$ 126.900
7Seres 3R$ 219.990R$ 199.990

E isso é apenas o começo de um movimento que mudará o mercado, principalmente com a chegada de novos modelos atacando a faixa de entrada do segmento, como o aguardado BYD Seagull, previsto para custar ao redor dos R$ 100 mil. Atualmente, o carro elétrico mais barato à venda no Brasil é o Caoa Chery iCar, que sai por R$ 119.990

kli

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *