Elétricos têm mais problemas que carros a gasolina; veja classificação 

Uma recente pesquisa da Consumer Reports classificou a confiabilidade dos atuais tipos de veículos e, para a decepção dos entusiastas de elétricos, os dados mostraram que eles são bem menos confiáveis que os tradicionais movidos a gasolina. No que diz respeito aos híbridos plug-in, o resultado foi ainda pior. 

  • Foram coletados dados de 330 mil veículos de modelos de 2000 a 2023; 
  • Segundo a pesquisa, os veículos elétricos sofrem 79% mais problemas de manutenção do que os movidos a gasolina ou diesel; 
  • Neste sentido, os híbridos plug-in têm 146% mais problemas — contudo, os híbridos convencionais se saíram bem (acima até dos a combustão); 
  • O estudo não apenas classificou os tipos de veículos, como avaliou marcas e melhores fabricantes por região (confira ranking mais abaixo);
  • As falhas refletem as dificuldades crescentes da indústria com tecnologias cada vez mais avançadas; 
  • Em contrapartida, tudo isso acontece enquanto também há uma pressão pelo avanço tech e expansão dos EVs, que prometem agredir menos o meio ambiente, alcançando zero emissão de gases. 

Conforme divulgado pelo Engadget, os pontos mais problemáticos encontrados foram os relacionados à transmissão, motor ou bateria do veículo elétrico. Mas nem tudo está perdido: os híbridos convencionais (sem plug-in), no entanto, mostraram sofrer 26% menos problemas do que os veículos movidos a gasolina e diesel.

Após testes em pista, o estudo calculou uma média para atribuir por tipo e marca uma pontuação numérica (de 0 a 100). Veja abaixo! 

  • Carros totalmente elétricos e SUVs, os impulsionadores atuais do mercado, tiveram no geral pontuações médias (44), mas consideradas “medíocres” pelo estudo; 
  • Dentre os elétricos, as picapes são as piores, com nota 30 de 100; 
  • No que diz respeito as marcas, apenas uma se destacou e, adivinha, não é a Tesla: a Lexus, divisão de veículos de luxo da Toyota, é dona dos EVs menos problemáticos; 
  • A Toyota também se saiu bem, com destaque para o SUV 4Runner, descrito como “um dos modelos mais confiáveis da pesquisa”. Por outro lado, a Tundra, sua picape elétrica, teve uma péssima pontuação (se juntando ao resultado geral para toda e qualquer picape elétrica); 
  • O RDX e TLX da Acura, subsidiária da Honda, também teve pontuações de destaque (acima da média); 
  • Na divisão dos híbridos, a CR destacou os convencionais: alguns dos carros mais confiáveis foram o UX e NX Hybrid, da Lexus, e os Camry Hybrid, Highlander Hybrid e RAV4 Hybrid, da Toyota; 
  • Já no modelo híbrido plug-in (PHEV), o resultado geral não foi bom: os que menos pontuaram foram o Chrysler Pacifica, que obteve uma pontuação péssima de 14 em 100, e o Audi Q5; 
  • Alguns PHEVs até conquistaram um espacinho entre o melhor dos piores. Os destaques com menos probabilidade de problemas são: Toyota RAV4 Prime e o Kia Sportage; 
  • Entre os SUVs, a BMW X5, Hyundai Tucson e Ford Escape obtiveram pontuação “média” em confiabilidade. 

E a Tesla? 

O levantamento mostrou que a líder no mercado de EVs nos EUA, a Tesla, teve pontuações médias ao lado de marcas como Chevrolet, Buick, Ram, Cadillac e Dodge. A CR ressaltou que os motores de elétricos da empresa de Elon Musk se saíram melhor do que os das montadoras tradicionais, porém, as pontuações de confiabilidade mostram mais problemas com carroceria, pintura/acabamento e sistemas climáticos. 

kli

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *