Blog que pertence ao empresário Sergio Chalub posta fake news e tenta atribuir a Pronto-Socorro de Manaus caso que aconteceu no Pará

O blog Giro AM 24H, que pertencer ao empresário Sérgio Chalub também dono de empresa médica, publicou nesta quarta-feira (6) uma fake news atribuindo um caso de tumulto que aconteceu em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade de Abaetetuba, no Pará, ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, localizado na zona Leste de Manaus.

A publicação mostra o vídeo de um homem revoltado derrubando porta e danificando objetos de uma unidade de saúde. “Tudo indica foi devido a falta de insumos e demora no atendimento no João Lúcio”, destaca a publicação erroneamente.

https://www.instagram.com/reel/C0hJHFJA77b/?utm_source=ig_embed&ig_rid=bc2f2a3d-b239-4291-961e-7a19071cd0f7

De acordo com o G1, o caso em questão aconteceu no dia 18 de novembro deste ano na UPA do município de Abaetetuba, no Pará. De acordo com a Prefeitura da cidade, o homem é um paciente crônico com grave transtorno mental e que estava afastado do tratamento na rede pública de saúde. Não houve feridos e o paciente foi encaminhado para a capital, Belém.

Sem apuração mínima dos fatos, a postagem tenta atribuir o caso a crise na saúde do Amazonas e atacar o governo do estado causando mais tumulto na cabeça da população.

Quem é Chalub?
Sérgio Chalub é dona da empresa Madim Diagnósticos registrada no CNPJ 08.219.827/0001-00 e já foi indiciado na CPI da Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Ele figurou na lista de indiciamentos pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, fraude à licitação e fraude a ato de licitação.

No dia 2 de junho de 2021, durante a deflagração da quarta fase da Operação Sangria da Polícia Federal (PF) Chalub também foi preso pela ação que investigou se funcionários da secretaria da Saúde fizeram contratação fraudulenta para favorecer grupo de empresários.

kli

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *