Empresa alemã promete converter carros a combustão em elétricos em 8 horas

Uma startup alemã promete converter carros movidos a combustão em elétricos em um período bem curto. Trata-se da e-Revolt, que se compromete a fazer o procedimento dentro de oito horas, no mínimo, o que pode ser uma vantagem interessante para alguns usuários, além da questão relacionada ao preço, que também pode sair mais barato do que comprar um modelo eletrificado.

Conforme noticiado pelo Quatro Rodas, a rapidez se dá pela adoção da companhia por soluções proprietárias de linha de produção e componentes. Mas, é preciso ressaltar que o processo tem o tempo mínimo de 8 horas, mas existe a possibilidade de chegar a um dia, o que ainda é menor em comparação com outras empresas com premissas parecidas.

Em geral, o conjunto com novo motor e baterias é apoiado na base do carro à combustão. Além disso, é adicionado um módulo de controle eletrônico, bem como uma tela de controle dos sistemas de propulsão e o plugue de recarga do veículo. A princípio, não foram reveladas as especificações do resultado desse trabalho da e-Revolt.

Ou seja, não há como saber informações o motor ou do desempenho que o carro tem após passar pelo procedimento. Tudo o que foi revelado é a autonomia, que, segundo a companhia, fica na faixa entre 250 e 300 km. A previsão de entrada em fabricação ainda está um pouco longe, mas em 2025 já serão ofertados os kits.

Inclusive, a previsão é de que esses kits de conversão sejam ofertados para até 42 modelos diferentes de carros. Vale lembrar que ter a mesma plataforma irá facilitar o trabalho de alguns modelos e o primeiro automóvel a passar pelo procedimento será o Volkswagen Golf 7 (2012-2019), A e-Revolt também afirma que os kits são modulares.

O preço do procedimento, por sua vez, será entre € 12 e € 15 mil, o que equivale a R$ 64 e R$ 80 mil. Segundo a empresa, 80% dos carros serão reaproveitados, o que dispensa a necessidade de comprar um veículo novo.

Veja também: os kits lançados pela Renault com essa mesma premissa e anúncio da compatibilidade com o padrão da Tesla para carros elétricos da Volkswagen, Porsche e Audi.

kli

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *