Carros de aplicativo podem ser suspensos por cobrança adicional para uso de ar-condicionado

O governo do Rio de Janeiro proibiu nesta segunda-feira (08) que motoristas de carros por aplicativos cobrem pelo uso do ar-condicionado. Segundo a determinação, as plataformas digitais de transporte de passageiros devem informar, no momento da contratação do serviço, se o veículo dispõe ou não de ar-condicionado em todas as categorias disponíveis no aplicativo.

Enquanto as plataformas não se adaptarem à resolução, todos os veículos deverão circular com o ar-condicionado ligado, sem a cobrança de valores extras aos consumidores. Durante esse período de adaptação, será aceita a não utilização do equipamento apenas quando esta for uma opção do passageiro.

O governo informou que os veículos com o aparelho de ar-condicionado inoperante terão sua circulação suspensa pela plataforma de aplicativo. A retomada será permitida apenas quando o equipamento estiver em funcionamento ou quando as informações ao consumidor estiverem adequadas.

O descumprimento das determinações por parte das empresas fornecedoras pode acarretar em sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

kli

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *